segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Dossiê 2014 - Mineirão



O Estádio do Mineirão, Governador Magalhães Pinto, pertencente ao Governo do Estado de Minas Gerais, será reformado para a Copa 2014, adequando-se aos padrões definidos pela Fifa (Federação Internacional de Futebol).

De acordo com a Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa/MG), o projeto de reforma prevê obras para aumentar a segurança e o conforto do torcedor, tais como: rebaixamento do campo, proporcionando aumento da visibilidade; novos vestiários; recuperação estrutural do estádio, criação de novos acessos à arena, entre outras ações. Após a execução destas obras, o Mineirão apresentará os seguintes números referentes à sua estrutura:


- Capacidade: 67 mil torcedores (obs: esse número encontra-se em processo de revisão sendo objeto de análise no projeto executivo para versão final).
- Cobertura: projeto da Cemig permitirá captação de energia solar e posterior geração de energia elétrica.
- Espaço VIP e Camarotes: restaurante panorâmico e 90 camarotes privativos.
- Estacionamento: 2.000 vagas cobertas e 600 descobertas.
- Lanchonetes e sanitários: 68 banheiros e 28 lanchonetes.
- Entorno: Uma grande esplanada para até 50.000 pessoas, que vai transformar o Mineirão em arena multiuso e aberto 24h.
- Imprensa: Capacidade para 2.955 jornalistas, mil mesas de trabalho equipadas com monitores e telefones, além de 480 lugares para comentaristas. Haverá estúdios de transmissão, sala de conferência e área para entrevistas.
- Subsolo: Escritórios, estúdios de TV, espaço para entrevistas, vestiários e outras instalações para os atletas.
- Térreo: Portões amplos com catracas eletrônicas, praças de alimentação e banheiros.
- Nova arquibancada inferior: 17.600 assentos localizados bem próximo ao gramado.
- Nível 1: 6.676 assentos em arquibancada VIP, além de camarotes, centro operacional do estádio com salas de controle de som, iluminação e placares.
- Nível 2: 40.400 assentos com banheiros e áreas de alimentação que atenderão toda arquibancada superior.

Importante ressaltar que uma das principais metas da obra de modernização do Mineirão é obter a certificação Leed (Leadership in Energy and Environmental Design), que atesta o estádio como um empreendimento ambientalmente sustentável. Para viabilizar a execução das obras de reforma e adequação do Complexo do Mineirão foi assinado um contrato de Parceria Público-Privada (PPP), na modalidade concessão administrativa, no dia 21/12/2010, com a empresa MINAS ARENA – Gestão De Instalações Esportivas S.A.





Maiores informações: http://www.portaltransparencia.gov.br/copa2014/belo-horizonte/estadio/

Nenhum comentário:

Postar um comentário