segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Lo que ha hecho Brasil toda la vida

*Pensei nessa música para ouvir enquanto se ler o texto abaixo ou para quando ver um jogo do comandados de Guardiola...


É desnecessário a essa altura dos fatos falar a respeito da arte do Barcelona. Tanto quanto é querer analisar Xavi, Dani Alves, Iniesta, Fàbregas, Messi ou as inúmeras variações táticas de Pep Guardiola. O futebol total que já foi da Holanda é o início de uma escola catalã, que nasceu por em 1974 com Cruyff. Mais do que isso, para o mundo, a inspiração da seleção brasileira de 1970 ou a de 1982.

"Nos interesaba pasarnos el balón muy rápido, no que corrieran los jugadores, o sea, lo que ha hecho Brasil toda la vida." Guardiola, na coletiva pós-jogo, deu um tapa na cara do Brasil, do país do futebol. A inspiração de Pep vem da terra cujo time serviu de tapete para o desfile de domingo de manhã. Xavi errou 2 de 110 passes. Iniesta 3 de 110. Passes de lado apenas? Não. Xavi, por exemplo, deu a enfiada para o primeiro gol de Messi. Mais de 700 passes certos. Variações táticas, a ponto de Piqué declarar: "Un día Pep nos dirá que Alves juega de portero y le creeremos." (Recomendo: 20 horas estudiando al Santos, El País)

Muitas análises foram feitas e não é necessária mais uma aqui. Em especial, recomendo as seguintes, de especialistas e estudiosos do futebol: Mauro CezarPVC, Bertozzi e em especial a de Lúcio de Castro.

E onde queremos chegar com isso? A bem dizer, é hora de conhecermos quem são os formadores, os revolucionários do futebol. Em próximos posts mostraremos vídeos desses grandes esquadrões. Aguardem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário