quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Um hat-trick que poucos viram

13 de fevereiro; quarta-feira de cinzas. Dia de levar o moleque pra ver o que é um jogo de verdade, na inconfundível casa que abriga entre suas paredes a antítese do futebol moderno. Alegria, festa...

... silêncio!

Javari fechada. A sua porta, alguns malucos, sonhadores, travessos. Mas cuja paciência foi sendo minada, por esperar por um "laudo alado", que chegaria voando da federação, como um habeas corpus da liberdade de torcer. Ilusão, apenas.

A descrição que segue tem ajuda das nossas vozes e, sobretudo, dos nossos olhos no estádio hoje: os, digamos, privilegiados, integrantes da equipe da Web Radio Mooca.

Time repetiu a escalação contra o Rio Branco, mas com Téssio fechando a lateral esquerda. Na frente, as duas torres, Tuta e Magalhães. De volta, Élvis com a 10 e a responsabilidade de armação. Não foi o melhor primeiro tempo, mas terminou com vantagem grená - expulsão de jogador da Santacruzense.

Taticamente, equipe confusa. Destacando, como frisado na transmissão, a reiterada presença de Tuta longe do gol, armando jogadas no meio-campo.

O time foi pra cima na segunda etapa e abriu a contagem com Magalhães, antes dos 10'. Antes disso, Claudemir prometia ousar, tirando Paulo Henrique para colocar o estreante Cláudio (ex-companheiro de Magalhães no Hammarby em 2009) - com a vantagem, porém, entrou Paulo Santos pra manter a peixotada (opa, digo, retranca). 

Aos 18', empate do último colocado. E, assim, avançou o time, finalmente: sai Getúlio, entra Cláudio, atacante leve, de lado - parece boa aposta. Rafael Branco, por sua vez, foi fazer o lado direito da defesa, subindo bastante.

No abafa, Magalhães finalmente achou mais um: 2 a 1. Com isso o time relaxou, passou a trocar passes na defesa - destacando até certa displicência de Juninho e cia. Por fim, os 5' de acréscimo foram pra deixar o torcedor - de longe - com frio na barriga. No entanto, mais uma vez Magalhães, aos 46' fechou o jogo e completou seu brilhante hat-trick!

Vitória e 11ª posição, com 42,8% de aproveitamento. Domingo, no Canindé, vamos para o clássico do ano. Não digo dividir o estádio, mas fazer um barulho bonito. E quero ver não vender o sonho que o moleque quis... #ForzaJuve

Saudações juventinas!

3 comentários:

  1. cazzo até quando você não assiste ao jogo os comentários são perfeitos. Esta introdução sobre o fechamento da javari foi perfeita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada, cara. A transmissão que ajudou, bem descritiva. E os comentários em três frentes - tático, técnico e torcedor - deixou o jogo bem claro.

      Excluir

  2. Novamente brilhante seus comentários .
    Ainda estou tentando fazer a ligação Recife - Javari na próxima quarta - feira , mas no Domingo estaremos ao vivo em Capivari .

    ResponderExcluir