sábado, 27 de agosto de 2011

10 é só um número?

Grandes jogadores usaram essa camisa, inclusive o número 10 é até democrático, aceita ser posta por Pelé e Maradona, dentre outros milhares de exemplos, não serei saudosista a ponto de citar aqui outros vários grandes que usaram essa camisa. A grande verdade é que o número 10 já não tem o peso que tinha antes.
Exemplos dessa fraqueza estão no futebol europeu, Lampard, Roney, Gerrard, Fàbregas e outros tantos craques de seus times estão optando por outra camisa, e pra representar a perda de brilho da camisa 10 pegamos de exemplo o time do Chelsea.
O craque do time é indiscutivelmente Lampard, já até falei isso no outro parágrafo, mas quem estava atualmente com a camisa 10 era o Israelita Benayoun, isso por si só já é o suficiente para comprovar a teoria da desvalorização do número antes tão emblemático, mas a história não termina ai, há pouco tempo o clube de Londres contratou o jogador Juan Mata, e ao chegar ao clube o mesmo pediu para vestir a camisa 10, e o Benayoun cedeu sem nenhum pudor, e ainda disse, “É a favorita dele, e para mim é só um número”.
Para concluir, é certo dizer que a camisa 10 tem peso sim, mas esse peso já foi muito maior, pois hoje a cultura do 10 está mais centralizada nos países da América latina e não mais no mundo inteiro
      

Nenhum comentário:

Postar um comentário