sábado, 7 de abril de 2012

Há quase 1 ano... nascia o Bola pro Mato


"Depois de anos falando de futebol por aqui e por ali, via twitter e facebook, na casa dos amigos ou tomando um café em qualquer lugar, criei vergonha e estreio este blog – o “Bola pro Mato”. Agora, são tantos e tantos temas recorrentes vindo à cabeça pra começar: São Paulo, Champions League, Copa 2014; mas o escolhi um assunto mais genérico, talvez até mais abrangente: o futebol tradicional no tempo do futebol moderno. Vamos tentar…
Nosso querido esporte bretão se tornou, hoje, mais um produto mercantilizado por ai. Este negócio, literalmente falando, pode ser chamado de futebol moderno; nele, é tempo dos clubes-empresa, dos contratos, do dinheiro, da visibilidade, do prêmio da FIFA. É tempo de times itinerantes, artificiais, sem torcida, do sentimento vazio ou do não sentimento. De Grêmios Prudente, Americanas, Red Bulls.
Por outro lado, caminhando na via oposta, solitários, nas mazelas do business e do just-in-time, sobrevivem casos em que a tradição e a história tentam mostrar que ainda tem o seu valor. Mas, em lugar de ficar tentando encontrar razões disso tudo, o que exigiria conhecimento que nâo tenho e aprofundamento muito grande, prefiro exemplificar com símbolos dessa resistência, símbolos do verdadeiro futebol. Pra isso, serão cinco casos – Napoli e Borussia Dortmund, na Europa, onde ambos viveram períodos de grandes crises e hoje brilham no velho continente; dois grandes do interior paulista, XV de Piracicaba e Comercial; e o Juventus, nosso moleque travesso, uma história à parte. Vamos falar daqueles por quais rimos e choramos."
Há quase um ano nascia o Bola pro Mato!
" Do criador
Paulistano da Mooca, aluno do segundo ano da engenharia civil da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. São paulino desde sempre. De coração também juventino. Um apaixonado por futebol, seja nacional ou internacional. Admirador do Arsenal e do Barcelona. (...)
Da criação
Há tempos vinha matutando criar este espaço, afinal falar sobre futebol é uma das melhores atividades que eu conheço. Inicialmente, queria falar sobre esquemas táticos e teorias futebolísticas. Talvez às vezes fale disso. Mas este blog visa a tratar, essencialmente, de assuntos além das quatro linhas. Histórias dos clubes, panoramas sobre o futebol atual, visões críticas e imparciais sobre o nosso esporte bretão. Diga-se que aqui, se valoriza o futebol tradicional e se tem aversão ao futebol moderno.
Muito desse blog se deve a um dos eventos que mais me agradavam nas férias e no tempo livre. Ir pra casa dos amigos, jogar um video-game, assistir a bons filmes e, claro, prosear muito. Sobre futebol também. Então, nada mais justo do que dar os devidos créditos a Celsinho, Bigão e Renato pelos papos e pela oportunidade de ter grandes amigos, irmãos.
Aliás, não posso esquecer algo muito importante. Na idéia desta página, pensei que deveria convidar um padrinho e uma madrinha para “batizar” este blog. Seriam jornalistas, pra ratificar que este é um espaço sério. E, com sucesso, que os convidados aceitaram. O padrinho deste blog é Rodrigo Bueno, Bubu para os íntimos, comentarista da ESPN e colunista da Folha de São Paulo. E a madrinha é Ana Carolina Raimundi, jornalista da GloboNews, por quem tenho um grande carinho e admiração.
Por enquanto é só, este perfil está em construção… "
Valeu! O Bola pro Mato foi por esse tempo um organismo vivo que fazia parte das resenhas, onde todos os momentos seriam retratados. Muito campo e bola. Futebol internacional, de Champions à A3. Juventus, das esperanças à eliminação. Javari, dos risos ao choro. E sobretudo, no dia-a-dia, da amizade à amizade. Aqui o blog deixou de ser meu e passou a ser de todos nós, que lêem, que sugerem, que vivem o Bola Pro Mato. Que venham mais muitos anos pela frente. Parabéns! :)

Equipe Bola pro Mato

Mudaram as estações, nada mudou. // 
Mas eu sei que alguma coisa aconteceu. // Tá tudo assim tão diferente... 





Um comentário:

  1. Reinaldo Paniguel8 de abril de 2012 16:15

    Parabéns pelo aniversário do blog .
    Afinal , você e sua equipe é diferenciada .
    Continuem sempre assim .
    Abraços a todos

    ResponderExcluir