sexta-feira, 4 de outubro de 2013

"A curva juventina"

Na véspera do jogo contra o Ituano, resolvi ver a campanha juventina de outro modo. A ideia foi de gerar curvas estatísticas que mostrem o rendimento da equipe na sequência dos jogos. O espaço amostral são os 14 jogos disputados até agora (excluída a partida de volta contra o Joseense, vencida por W.O.). Na abscissa estão os jogos e nas ordenadas, a pontuação.

É tudo uma brincadeira! Futebol não tem lógica e aqui a matemática é furada. Serve apenas pra mostrar um comportamento, nada mais!

A curva de todos os jogos é curiosa e mostra a oscilação da equipe. O ponto positivo é ver que o vale da onda é sempre um ponto de mínimo, ou seja, dura apenas uma partida. Outra análise é, que se o padrão se repetir, é momento de ascensão da curva, ou seja, espera-se um ponto ou mesmo três na próxima peleja.


Fora de casa, o panorama é semelhante e a curva se aproxima da genérica. No entanto, aqui se mostra como o momento pode ser desfavorável - o vale vem se esticando, desde o empate contra o São Caetano, na última partida da primeira fase e permanece contra o Rio Preto. Porém, a sequência é a mesma do início do torneio e, seguindo o padrão, a vitória seria grená - o mesmo que mostra a curva-chefe acima.


Repito, é tudo bobagem. O que vai valer é a luta e disposição amanhã, contra o Ituano. É hora de honrar a camisa, molecada. #ForzaJuve

Saudações juventinas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário