quarta-feira, 26 de março de 2014

pre.des.ti.na.do

Quarta-feira, 26 de março. Juventus e São Carlos para buscar fugir do fantasma do Z4. E deu grená!

Uma vitória com a assinatura do Moleque Travesso. No fim, jogando bem mais ou menos, com a presença de alguma forma do gato preto, etc, etc.

O primeiro fato é que Ferreira escalou mal. Sem Élvis, Dudu Mineiro (finalmente!) foi titular. Mas a montagem com Ariel e Moris não ajudou o sistema ofensivo. Os volantes eram muito exigidos na criação e isso já diz que o time era inefetivo. Derli até tenta, mas Marcelo Santos ainda fica muito abaixo do companheiro de posição.

O primeiro tempo foi, sim, lugar de corpo fechado no gol dos dormitórios - o Juventus só não saiu atrás no placar porque algo ou alguém maior não queria...

Bola na trave, André Dias pegando tudo - méritos do goleiro, que vem recebendo apoio da torcida e respondendo com um crescimento de confiança e desempenho.

No segundo, Ferreira resolveu se coçar e arrumar a equipe. E nos pontos fracos. Os três criticados fora, Nathan, Marquinhos e Cesar Santiago em campo. Até Pavone como meia pode ser visto na Javari. Das entradas, Nathan e Santiago conseguiram modificar um pouco o jogo. O primeiro com a correria e o segundo com o vigor e intensidade característicos.

Mesmo assim, era o São Carlos que levava maior perigo.

O Juventus insistia mas não agredia o goleiro adversário. Até que...





"predestinado". pre.des.ti.na.do - adj (part de predestinar) 1 Destinado de antemão. 2 Preordenado por desígnio de Deus. 3 Eleito de Deus. 4 Santo. sm 1 Aquele a quem Deus predestinou à bem-aventurança; santo."







Alan cruzou e Renato atravessou rapidamente a área, cabeceando no fundo das redes e fazendo a Javari, tímida de público mas lotada de boas vibrações, delirar.

Nada muito mais a dizer. Simplesmente, que vitória mais juventina foi essa!

Segunda vitória consecutiva. O alívio da zona negra da tabela. O que esperar agora?

Por hora, pensar jogo a jogo, dia-a-dia. O próximo, contra o Água Santa, em Diadema. #ForzaJuve

6 comentários:

  1. Que os Deuses do Futebol nos protejam e façam com que obtenhamos 9 pontos para comemorarmos os 90 anos, iniciando a segunda fase no dia do aniversário, 20 de abril. Um domingo, assim como em 1924.

    ResponderExcluir
  2. E não por mera coincidência, também um domingo de Páscoa e de Lua Cheia.

    ResponderExcluir
  3. Vamo JUUUVÃO! Se Diadema têm Àgua Santa,a Mooca
    Têm Àgua Benta alá Gato Preto abênçoado por San Gennaro
    com talismã Renato Sorriso!

    ResponderExcluir
  4. O JOGO FOI O MAIOR SUFOCO E TAVA NA HORA DO JUVE TER UM DIA DE SORTE. E SEMPRE ELE, RENATO PREDESTINADO SORRISO, PARA NOS ACUDIR NAS PIORES HORAS.

    SOBRE O JOGO, O MEIO CAMPO FOI O SETOR MAIS CRÍTICO ONTEM, NÃO CONSEGUINDO ACIONAR OS ATACANTES E SEGURAR OS ADVERSÁRIOS.

    PREFIRO O CÉSAR SANTIAGO, SEMPRE RAÇUDO E PRESENTE, AO MARCELO SANTOS E CONCORDO QUE O LEO FIORAVANTE PODERIA SER IMPROVISADO NA LATERAL DIREITA. E O NATHAN NÃO DÁ PRA SER BANCO DO ARIEL.

    ENFIM, FOI A VITÓRIA MAIS DO QUE NECESSÁRIA. E A CLASSIFICAÇÃO DEIXOU DE SER UMA MIRAGEM.

    OTAVIO LIBERDADE

    ResponderExcluir