sábado, 1 de março de 2014

Flamengo 1 x 1 Juventus

Sábado de carnaval, 01 de março. A folia juventina fica para uma próxima. Visitando o Flamengo, em Guarulhos, o Moleque ficou apenas no empate moroso por 1 a 1.

Ferreira promoveu mais mudanças em relação ao último jogo. Só hoje, estreias de Bife (lateral), Emerson (zagueiro), Cleberson (volante) e Moris (meia). O time titular, num 4-3-3, teve: Rafael; Bife, Cícero, Emerson e Pavone; Cleberson, Derli e Moisés; Romarinho, Fernandinho e Renato.

O time começou bem até, com muita movimentação do trio de ataque. O meio saia razoavelmente com a bola, contando com a boa estreia de Cleberson. O rapaz, inclusive, abriu o placar com um gol de cabeça em boa bola parada do menino Gebson.

O domínio grená, porém, parava na falta de finalização da equipe. Com grande apelo a Renato Sorriso, que poderia ter sido mais ousado em suas escolhas, optado por seu instinto de atacante e procurado mais o gol.

Em vez disso, o time acabou por sofrer uma pressão absurda do Flamengo. O gol de empate dos locais saiu e não foi pior devido a belíssima atuação de Rafael Viana, goleiro prata-da-casa, com pelo menos quatro boas defesas.

O segundo tempo foi horroroso para o Juventus. Ferreira errou - e feio - ao trocar Fernandinho por Osny. Não pelo instável filhote, mas pelo centroavante - ou seria Rei Momo?

As alterações por Branco e Moris também não agregaram valor algum. E junto a quedas de rendimento de Moisés, Renato e Bife, o empate acabou justo para o nível técnico da etapa final.

Ainda nos últimos 45', destaque-se a excelente atuação defensiva de Lucas Pavone, digna de seus melhores tempos com o manto juventino.

Estacionado na tabela, o Juventus soma 10 pontos em 9 jogos. A próxima semana é decisiva, pois proporcionará a Ferreira tempo para por ordem na casa e ajustar tática e tecnicamente a equipe - e por que não, psicologicamente. O retorno será em Rio Preto, contra o tradicional América. #ForzaJuve

Saudações juventinas!

2 comentários:

  1. jogo maluco pois o juve poderia ter sido goleado mas poderia ter ganho com facilidade tbm....
    não acredito mais no acesso, agora é torcer pra nao cair

    ResponderExcluir
  2. Antonio Conselheiro1 de março de 2014 19:53

    O planejamento mal feito, a contratação de um pacote de jogadores pertencentes a um grupo de empresários e a escolha infeliz de um técnico para iniciar o campeonato, obriga agora, praticamente no meio do torneio, a fazer experiências e modificações no time em todas as partidas o que, obviamente, impede de haver um entrosamento maior. Isso chama-se de Gestão Incompetente!

    ResponderExcluir