quarta-feira, 8 de abril de 2015

Meia bomba

Era meu segundo Juvenal. O primeiro na Barra Funda.

Corri feito louco pra chegar a tempo. Atravessei a linha do trem e depois a entrada do velho Alayon já quase aos 45 da primeira etapa.

Já havia tido expulsão e penalti perdido pelos ferroviários. Acho que a emoção parou ai.

O segundo tempo foi de uma frustração tamanha que não dá pra descrever. Time mole, treinador fazendo duas burradas ao mesmo tempo. Que recuo mais idiota foi aquele?

No final das contas, o Nacional bateu o Juventus, 2 a 0.

Se há algo positivo, é o time - da diretoria ao elenco - cair na real e perceber que tem de roer osso jogo após jogo. Não ganhamos porra nenhuma ainda. E a segunda fase vai pegar.

É bom ter os pezinhos no chão, jogar bem domingo, poupar as peças na última rodada e entrar voando na próxima etapa. Porque esse time precisa subir.

Abraços.

Nenhum comentário:

Postar um comentário