quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Penta campeonato argentino

Já inicio esse texto dizendo que o assunto não é futebol, e aproveito para acrescentar que o texto a seguir serve para um momento de reflexão de todos que lerem.

O objetivo dessas palavras é mostrar que essa rixa Brasil e Argentina, que tanto aparecem nas semanas que as duas seleções se enfrentam em campo, é algo que nos priva de conhecer as características dos nossos Hermanos.

Um grande exemplo disso são cinco nomes em particular, Bernardo Alberto Houssay, Luis Federico Leloir, Cesar Milstein, Carlos Saavedra Lamas e Adolfo Pérez Esquivel. Se você já ouviu falar desses nomes, você deve se considerar uma pessoa que passou por cima dessa guerra inventada pelo futebol e conseguiu entender que a Argentina tem muitas coisas além de Lionel Messi, tango e churrasco.

Agora, se você não conhece nenhum desses nomes, esse texto é o momento para você refletir, pois esses cinco homens garantiram para a Argentina um penta campeonato de prestígio mundial e de valor inestimável para toda população de todos os países, eles são ganhadores do prêmio Nobel, e garantiu para Argentina essa importante imagem. É válido dizer que o Brasil nunca ganhou esse prêmio, e que enchemos a boca para gritar que somos penta campões mundiais de futebol.

Não estou aqui para comparar os “dois títulos” que cada um tem e ainda mais em diferentes áreas, apenas para demonstrar que a rivalidade deixa o espetáculo de futebol muito mais interessante, mas não pode nos cegar a ponto de não conhecermos a cultura de nossos vizinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário