sábado, 17 de setembro de 2011

A pequena ervilha e o jovem espanhol


O clássico de amanhã entre Manchester United e Chelsea envolve diversas variáveis. Ambos pouparam suas principais peças em seus respectivos jogos na UCL nesta semana. As maiores estrelas foram preservadas, mesmo estando em campo - guardaram toda a pegada para esse jogaço. Teremos em campo Rooney, o craque devil, contra o cerebral Lampard. Enfim, são vários craques consagrados. No entanto, na hora de apontar um jogador de cada time, preferimos destacar duas jovens estrelas: Javier Hernandez e Juan Mata. Com 23 anos ambos, o primeiro já é realidade após um ano de clube e o segundo já chegou a Stamford Bridge a todo vapor.




Chicharito significa "pequena ervilha" e tal apelido vem de seu pai, Javier Hernandez, atacante que disputou a Copa de 1986 pelo México, e tinha o apelido de Chicharo - ervilha - devido aos olhos verdes.


Vontade, disposição, faro de gol e muita fé: fatores que levaram o mexicano Javier Hernandez se adaptar rapidamente ao futebol inglês e se tornar o artilheiro de um clube do porte de um Manchester. Após aparições brilhantes com a camisa do Chivas, Ferguson tratou logo de contratar a jovem promessa antes do Mundial da África, temendo que seu desempenho atraísse olhares de outros gigantes. Deu certo. Em sua primeira temporada, o camisa 14 marcou nada mais que 20 tentos em 45 partidas, sendo 4 deles na Champions. Na má fase de Rooney, fez gols que deram importantes vitórias ao seu time. Que deram as vitórias literalmente: fez gols de 1x0, de 2x1, de 3x2. O garoto tem, definitivamente, estrela. Não à toa ganhou o prêmio Sir Matt Busby, dado ao melhor jogador do United na temporada e é constantemente  comparado ao eterno ídolo Solskjaer.


"Yo siempre rezo en la cancha antes de un partido. Es una rutina importante para mí, pero no es superstición(...) Me gusta rezar. Puedo hablar con Dios y le digo que tenga cuidado de la salud de ambos equipos, porque lo peor para un deportista son las lesiones y hay una gran cantidad de accidentes en el terreno de juego, que nadie quiere(...) Soy sólo un 10 por ciento de lo fue hizo Ole (Gunnar Solskjaer). Tengo que trabajar más duro y seguir mejorando para ser como él."




Juan Manuel Mata foi a última contratação do Chelsea para a atual temporada. E sem dúvida, a mais certeira. O jovem espanhol tem passagens por todas as seleções de base de seu país e há três anos vaga cativa no elenco principal espanhol. Após brilhante ano no Valencia, chegou com alto status no Chelsea e com discurso afiado - quer a Premier League e fazer história nos blues. Meia canhoto, pode jogar tanto pela esquerda quanto pela direita com igual qualidade; ainda tem poder de decisão e faz boas assistências. O estilo de jogo, da característica latina, é da qualidade de um típico camisa 10. E ele faz questão de jogar com esse número mesmo, como você pode ler em 10 é só um número? 


"Muy agradecido por haber sido presentados con el número 10. Es un placer y un honor para mí. Gran jugador y mejor personaGracias Yossi !(...) André explicó cómo su estilo de juego en el 4-3-3 y lo importante que voy a ser sus planes. Frank Lampard es un monstruo y jugar junto a él es increíble ".

Nenhum comentário:

Postar um comentário