domingo, 27 de novembro de 2011

Dossiê 2014 - Arena Fonte Nova


Arena Fonte Nova - Ficha Técnica da Obra:

- Localização: Salvador (BA)
- Modelo de Contrato: Parceria Público-Privado
- Valor: R$ 591,7 milhões, em janeiro de 2010. Inclui demolição, reconstrução da arena e construção de edifício garagem.
- Início das obras: Junho de 2010
- Empregos gerados: Em novembro de 2011, são 1.400.
- Prazo de concessão: 35 anos
- Empresas integrantes: Construção: Consórcio Arena Salvador (Odebrecht Infraestrutura e OAS)
 - Gestão da Arena: Fonte Nova Negócios e Participações – FNP (Odebrecht Participações e Investimentos e OAS)



Descrição:
O empreendimento é uma Parceria Público-Privada (PPP) entre o Governo do Estado da Bahia e a Fonte Nova Negócios e Participações (FNP), concessionária formada pelas empresas Odebrecht Participações e Investimentos e OAS. Para a construção da obra, a FNP contratou o Consórcio Arena Salvador, constituído pela Odebrecht Infraestrutura e Construtora OAS.

A estrutura verticalizada da arena colocará o espectador mais próximo do espetáculo. O estádio terá capacidade para 50 mil pessoas em assentos cobertos, 90 camarotes, restaurantes panorâmicos e duas mil vagas de estacionamento. A gestão é inspirada no modelo multiuso de sucesso na Europa, como o da Amsterdam Arena, consultora do projeto da Arena Fonte Nova.

Sua estrutura abrigará sala de imprensa, quiosques, elevadores, sanitários, museu e espaços de negócios.

A implosão do antigo estádio da Fonte Nova, em 29 de agosto de 2010, foi o marco principal da construção da nova arena. Todo o material da implosão foi reciclado e parte utilizada na própria construção. O projeto da Arena Fonte Nova é de autoria dos arquitetos alemães Marc Duwe e Claas Schulitz.

- Maiores informações: http://www.odebrechtnacopa.com.br/arena-fonte-nova

Nenhum comentário:

Postar um comentário