domingo, 12 de fevereiro de 2012

Eu vi na Javari...

*Obs: Não estou comparando o gol de Pelé aos gols abaixo. O gol do rei serve apenas para ilustrar o tema que segue. Qualquer comparação seria injusta para ambas as partes e, sobretudo, uma afronta à memória do futebol.*

O gol mais bonito da história do sagrado Conde Rodolfo Crespi e de Pelé, o rei do futebol, não tem registro reais. Gol tão precioso, que rendeu um busto no estádio, deveria ser reconstruído. A seguir a reconstituição do gol que 'ninguém' viu...

video

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Longe, mas muito longe de Pelé. Assim estão os gols que pude ver por lá. E o mais bonito que já havia visto na Javari foi, na verdade, sem querer. Rafinha, que disputou a A3 com o Juventus em 2011, acertou do bico da área um belo tiro, lembrando Ronaldinho Gaúcho na Copa de 2002 diante da Inglaterra, enganando David Seaman e o mundo. Na ocasião, na Mooca, o Juventus venceu o Paulínea por 2 a 1 pela 10ª rodada do torneio.

video

O gol de Rafinha, no entanto, perde para o de Élvis no último sábado, 11/02. Gol de placa, gol de talento. Na vitória sobre o Osvaldo Cruz por 5 a 0, o meia que já havia feito três assistências, guardou o seu por cobertura, em lance espetacular, inesquecível. A lembrança fica, como já disse em post anterior, também devido à comemoração no alambrado, lembrando João Paulo no gol contra o Linense, quando o Moleque conquistou a Copa FPF 2007. A seguir, a pintura (crédito: oblogdojuva) :

video

E pra finalizar essas histórias, segue o gol de João Paulo, do título grená em 2007. (Com o perdão das imagens são horríveis)...

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário