sábado, 24 de agosto de 2013

Diables Rouges

Cheio de favoritos manjados e a menos de 300 dias da repudiosa Copa do Mundo, ainda aproveitamos o espaço para mostrar uma seleção para a qual ainda se dá pouca bola.

A Bélgica apresenta uma geração jovem e de muito potencial. Safra que desfila hoje pelas principais ligas na Europa. Chelsea, Tottenham, Everton são times ingleses que, por exemplo, tem nos seus planteis nomes importantes do país.


História...

Os Diables Rouges estiveram presentes em onze mundiais, sendo que a melhor classificação se deu em 1986, no México, com o quarto lugar.

Um dos maiores nomes da história do futebol belga foi Michel Preud'homme, goleiro que encantou o mundo em 1994, ganhando todos os troféus de melhor da posição.


E um brasileiro já jogou pela seleção. Foi Luis Oliveira, que fez 31 gols em mais de 70 jogos e disputou a Copa de 98.


Hoje...

Nas atuais eliminatórias para o Mundial de 2014, lidera seu grupo com folga, 6 vitórias e 1 empate em 7 partidas e conta os dias para a qualificação.

O futebol é rápido e insinuante, visando sempre à ofensividade.

No elenco principal tem ao menos dois ótimos goleiros, zagueiros que atuam em times de ponta, além de meias e atacantes muito habilidosos. Um time base (4-4-2) pode levar em conta ao menos 18 jogadores.

Courtoius - Atl. Madrid (Mignolet - Liverpool)
Alderweireld - Ajax
Kompany - Man. City
Vertonghen - Tottenham
Vermaelen - Arsenal (Van Buyten - Bayern)
Dembele - Tottenham
Fellaini- Everton (Simons - Club Brugge)
Witsel - Zenit (Chadli - Tottenham)
Hazard - Chelsea (De Bruyne - Chelsea)
Benteke - Aston Villa (Mirallas - Everton)
Mertens - Napoli (Lukaku - Chelsea)

Fiquem de olho na Bélgica!

Nenhum comentário:

Postar um comentário