quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Classificados!

Quarta-feira, 04 de setembro. Com dois últimos resultados desfavoráveis, uma rápida viagem a Santo André para tentar recuperar a moral. Diante do Juventus, o time misto e quase eliminado do ramalhão.

Mesmo com o retorno de Lucas Pavone, Celinho optou por alterar a equipe que mais se repetiu no torneio. Duas trocas: Jader no lugar de Romarinho e o menino Raikard no lugar de Branco. Assim, tivemos: Fernando Henrique; Jader - Carvalho - Sallinas - Pavone; Paulo Henrique - Arthur - Raikard - Castori - Fernandinho; Pedro Rocha.

Taticamente pouco mudou. Apenas em relação ao último jogo, um pouco mais de mobilidade. Fernandinho caindo mais vezes para a direita e Castori encostado em Pedro Rocha.

Raikard fez o papel de branco, fazendo a marcação do lateral direito. Por isso, o ataque manteve-se demorando para atacar com volume de jogadores. Arthur, segundo volante, pela disposição tática até avançou mais que o contestado Raikard.

Fato é que Castori conseguiu dar um bom ritmo e Pedro estava, pra variar, inspirado. O Juventus criava ótimas chances mas sem boas conclusões. Na melhor delas, o pequeno camisa 10 invadiu a área mas teve receio de finalizar devido ao péssimo gramado.

Mas o Juventus tem um trunfo especial. Pedro Rocha não precisou de muitas chances pra estufar as redes: numa bomba de fora da área, Juventus na frente.

O segundo tempo voltou naquele ritmo que deixa qualquer um fora do sério. Claro, quem não gosta de uma retranca? Aquelas linhas chutando a bola pro mato e segurando o placar? Mas não precisa ser tão cedo!

Com uma linha de quatro seguida de outra de cinco, o Juventus voltou no 4-5-1 e se defendendo acima de tudo. E sem Castori, que saiu machucado, pouco a equipe segurou a bola sob seu domínio. Romarinho, seu substituto, mais ficou preso à marcação e pouco ultrapassou o meio-campo.

Raikard, que poderia ser um escape, ficou como auxiliar de Jader e nada fez no quesito ofensivo; Fernandinho, igualmente, ficou ao lado de Pavone, bloqueando os espaços nos quais o Santo André mais buscava agredir, com o lateral Nequinha.

O grande êxito da tática foi a volta de ótima performance do sistema defensivo, incluindo não só Carvalho e Sallinas, mas os laterais e volantes. Mesmo com algumas pixotadas, o Santo André não levou grandes perigos.

Celinho esperava uma bola - um contra-ataque. E lá por volta dos 30', Pedro Rocha teve o campo todo aberto para avançar. Com a frieza que tem frente ao gol, 2 a 0 no placar e vitória definida.

No resto da partida, tranquilidade. A exceção do surto de Sallinas, que xingou a quinta geração do juizão e acabou expulso.

Boa vitória, classificação garantida e os dois próximos jogos servirão para definir o posicionamento na tabela.

Na sequência, o São Bernardo. Na Rua Javari, domingo, 10h. #ForzaJuve

Curta no facebook: https://www.facebook.com/blogbolapromato
* Vídeo dos gols e resenha em http://oblogdojuva.blogspot.com.br/

Saudações juventinas!

2 comentários:

  1. ACIMA DE TUDO UMA VITÓRIA FORA E A CLASSIFICAÇÃO ANTECIPADA NA BARROCA DE SANTO ANDRÉ!

    TARDE FRIA E FELIZ DO JUVE NO ABC!

    ResponderExcluir