segunda-feira, 2 de setembro de 2013

In Arsène we trust

Conforme prometido, vamos falar de Arsenal...

No deadline day, Arsène Wenger gastou a grana que há muito se pedia e trouxe um world class para o meio-campo, Mesut Ozil. Arrisco que a melhor contratação do verão europeu.

Com o alemão, a projeção de um quarteto formado por Arteta - Jack - Santi - Ozil certamente eleva o patamar da equipe na Premier League. Também porque com a chegada do clássico soldado Mathieu Flamini, a cabeça de área tem reposição, bem como setores mais avançados com Rosicky e Ramsey, garoto que inicia brilhantemente a temporada.

Na defesa, sem contratações, Vermaelen, Koscielny e Per seguem como únicas opções. Sagna pode ser improvisado e não criará problemas - o problema é a brecha criada na lateral. Jenkinson ainda é frágil, mas pode crescer com confiança. Pela esquerda, Gibbs é titular, mas Nacho está a postos para aproveitar chances - bem como atuar mais a frente, fechando o flanco em jogos mais difíceis. No gol, Sczesny deve lutar contra sua irregularidade, agora com a chegada de Viviano, vindo do Palermo. Fabianski fialmente foi escanteado como imediato.

Já no ataque, Giroud permanece como referência. O grandão não é nenhum Henry, mas acredito que quebrará bem uns galhos - apesar de que perderá gol feitos também. Sanogo é muito novo e deve ser muito coadjuvante. Pelos lados, com Ox contundido, Walcott e Poldi seguem como os principais nomes. Ambos devem alternar campo e banco, pois oscilam muito (e também brigam com Giroud por uma boquinha dentro da área).


Tudo é melhor ao ver que os encostos de Squilacci, Chamack, Arshavin e Gervinho estão bem longe do Emirates agora.

Apesar do elenco curto e pouco profundo para a longa temporada, acredito, por fim, numa boa jornada e se tudo der certo um título em alguma copa. A Champions ainda é uma incógnita, pois o grupo é extremamente complicado. Mas com a chegada desses nomes e consolidação de um padrão, uma campanha decente é muito provável. Wenger se superou e retomou a confiança em seu trabalho.

Time-base: Sczesny; Sagna - Kos - Per - Gibbs; Arteta - Jack - Santi - Ozil; Walcott - Giroud.



#COYG


Nenhum comentário:

Postar um comentário